Mercado

Parque de golfinhos nos EUA anuncia que não vai mais usar animais em seus espetáculos

Parque de golfinhos nos EUA anuncia que não vai mais usar animais em seus espetáculos

Decisão vem após a morte de quatro dos oito mamíferos que viviam no parque desde sua inauguração.

 

O parque aquático Dolphinaris Arizona, localizado em Scottsdale, nos Estados Unidos, anunciou nesta semana que não vai mais utilizar animais em seus espetáculos. A decisão vem após quatro golfinhos morrerem em um período de apenas 16 meses.

“Representantes de ventura confirmaram à OdySea in the Desert que nenhum animal vivo será incorporado ao seu novo esquema de entretenimento”, informou a empresa que gerencia o parque, na última segunda-feira (11).

No dia 8 de fevereiro, a empresa já havia comunicado o fechamento temporário do parque após ser noticiada a morte de Kai, um golfinho de 22 anos, que teve de ser sacrificado devido a uma doença. A morte ocorreu depois que Khloe, de 11 anos, havia sucumbido devido a um parasita.

O parque, que abriu as portas em outubro de 2016 com oito golfinhos, já havia perdido outros dois animais, e passou, então, a ser monitorado pelo Serviço de Inspeção de Saúde de Animais e Plantas, do Departamento de Agriculturados dos EUA.

Os golfinhos do Dolphinaris Arizona interagiam com visitantes, que eram autorizados inclusive a nadar com os animais. Desde sua inauguração, o parque vinha sendo alvo de protestos de defensores dos animais, que denunciavam as instalações como um habitat impróprio para os mamíferos.

 

Fonte: Primeira Página.

Pesquisas Francal

O que você prioriza na hora de fazer uma compra?

Redes Sociais

Assine nossa Newsletter